Pudim de laranja (vegan e sem açúcar)

Fiz este pudim para um Workshop, mas apenas para acompanhar uns queijinhos de figo de amêndoa do Algarve. Não o ensinei no WS porque o meu objetivo foi fazer uma sobremesa típica portuguesa, e este pudim leva um espessante conhecido por agar-agar, que não é tipicamente da nossa cozinha tradicional. Mas prometi partilhar a receita, e aqui está ela.

Pudim de laranja com um queijinho de figo e amêndoa do Algarve

Utilizei casca de laranja seca e triturada até fazer farinha, mas podem utilizar raspa de laranja normal (como vem descrito na receita).

Entretanto, descobri que se consegue fazer o caramelo para forrar a forma de pudim com geleia de arroz. Faz-se da mesma forma como se faz o caramelo de açúcar. Coloca-se na forma a geleia a gosto e deixa-se ferver até fazer espuma e essa espuma começar a ficar acastanhada. Forra-se a forma e deixa-se arrefecer. O método é exactamente igual a caramelo com açúcar.

Para o pudim não ficar com a textura de gelatina, diminui a quantidade de agar agar e aumentei a de amido de milho.

Pudim de laranja

Ingredientes

  • Bebida vegetal de arroz ou aveia (usei da Lima, aromatizada com baunilha): 1 litro
  • Agar agar em pó: 1 e 1/2 colheres de sopa
  • Amido de milho: 5 colheres de sopa
  • Raspa de laranja a gosto
  • Geleia de arroz: 5 colheres de sopa (ou a gosto)
  • Para o caramelo: geleia de arroz a gosto

Preparação

  • Faça o caramelo com a geleia de arroz, colocando-a dentro de uma forma de pudim de inox, levando ao lume e mexendo sempre até a geleia ganhar espuma e essa espuma começar a ficar castanha dourada. Desligue e forre a forma por completo. Deixe arrefecer (o caramelo vai ficar rijo e cobrir toda a forma).
  • Junte os primeiros 3 ingredientes num tacho e leve ao lume mexendo sempre.
  • Quando começar a ferver e surgir na superfície uma “espuma” leve e esbranquiçada, junte a geleia de arroz e deixe que volte a ferver, 1 ou 2 minutos.
  • Junte a raspa de laranja (tenha o cuidado de não raspar nada da parte branca, que é amarga) e mexa até incorporar bem (eu gosto de colocar bastante raspa neste pudim).
  • Deite a mistura na forma de pudim, anteriormente forrada com o caramelo de geleia, e deixe arrefecer.
  • Coloque no frigorífico e, de preferência no dia seguinte, desenforme e sirva com a calda que se formou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *