Creme de cenoura e a importância de comermos sentados

Os primeiros dias de Janeiro deste ano têm sido muito frios. O frio é fundamental nesta altura do ano, mesmo que não seja particularmente querido pela maioria das pessoas. Eu ando feliz com o frio e com a certeza de que após este frio a natureza vai despertar de forma vigorosa na Primavera.

O frio faz com que me apeteça muitas vezes sopa, incluindo fora das refeições. Eu gosto de sopas que sozinhas quase fazem uma refeição, ricas em cereais, leguminosas e hortaliças, mas para comer a um lanche gosto de um creme.

Hoje, junto com a receita de um creme de cenoura que se faz em 30′, não podia deixar de falar da importância de comer sentado, mesmo um lanche. Todos sentimos que uma refeição nos traz mais equilibrio. Quantas vezes já experimentamos a sensação de sossego interno e re-equilibrio a seguir a uma pausa para comer?

Mas para que uma refeição seja particularmente nutritiva é necessário que nos sentemos enquanto comemos:

  • para adquirir uma maior consciência de que estou a comer e daquilo que estou a comer.
  • Para perceber quando estou cheio; comer de pé e/ou distraído interfere com esta percepção natural.
  • Porque quando comemos sentados temos mais capacidade de digerir, absorver e assimilar os alimentos, fazendo com que nos sintamos mais nutridos.
  • Para que a refeição nos traga o equilíbrio que procuramos nela.

Existem sopas salgadas (como a de miso, o caldo de shoyu, e alguns caldos de cereais/vegetais) e existem sopas doces (como os cremes de cenoura ou de abóbora). Cada uma tem a sua função:

  • os caldos salgados ajudam a estimular e a activar a digestão.
  • cremes de vegetais doces ajudam a relaxar o sistema digestivo, harmonizam e equilibram.

A receita de hoje tem esta função: relaxar. Ajuda mesmo a descontrair quando comida ao final do dia, principalmente se sentimos que o trabalho foi intenso e que até estamos mais contraídos por causa do frio.

Façam-na e experimentem a sensação. Para isso é necessário comer este creme como disse anteriormente: sentados e atentos ao corpo.

Só mais uma nota: comprem cenouras biológicas. Nesta raiz o ser biológico faz uma diferença brutal no sabor final da sopa. comprem em mercadinhos biológicos, em supermercados biológicos, no ALDI, …

Ingredientes

  • Cenouras: 400g
  • Cebolas: 200g
  • Nabo: 50-60g
  • Millet: 1 colher de sopa
  • Sal marinho integral: q.b.
  • Azeite virgem extra: 2 colher de sopa
  • Ervas frescas para servir (cebolinho, coentros, salsa, agrião, …)

Preparação

  • Lave e corte todos os vegetais em pedaços de cerca de 2 cm por 2 cm (pequenos mas não em demasia)
  • Lave o millet.
  • Coloque todos os vegetais e o millet numa panela e cubra de água.
  • Leve ao lume, e quando ferver baixe e deixe cozer tapado durante cerca de 20 minutos.
  • Verifique se as cenouras já estão tenras e, caso estejam, acrescente o azeite, tempere com sal e triture até obter um creme aveludado. Caso as cenouras precisem de mais um pouco de tempo para ficarem tenras, deixe estar mais um pouco e proceda da mesma forma.
  • Sirva com uma erva fresca e coma sentado, sem pressa.
  • Nota: para mim esta sopa faz uma excelente refeição intermédia, quando tenho fome e ainda não são horas de jantar.

1 thought on “Creme de cenoura e a importância de comermos sentados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *