Millet com abóbora e couve-flor

Já notaram que estamos a caminho do Outono? Na Macrobiótica, esta fase de transição entre o Verão e o Outono (Verão tardio ou longo) tem associada uma Transformação ou Elemento: o Solo (1) .

Na natureza os sinais são mesmo notórios: os dias estão mais pequenos e as noites mais longas, recolhem-se as abóboras e as leguminosas de sequeiro, muitas árvores soltam as suas folhas e já não têm fruta. O movimento de recolha da Natureza, indica que também nós devemos começar a recolher (ir para “dentro”). Se nesta fase ainda está cheio de vontade de passar o dia todo na praia e as noites em festas, talvez devesse refletir um pouco e observar os sinais que a Natureza começou a dar já em meados de Agosto.

Há um cereal particularmente benéfico para os Órgãos que estão associados a esta Transformação Solo, que são o Estômago e Baço/Pâncreas. O cereal é o Millet (ou milho painço, ou milho miúdo). É usado tradicionalmente para tratar problemas associados a estes órgãos, particularmente diabetes e acidez no estômago.

O Millet é o único cereal alcalino, não tem glúten e é rico em magnésio, fósforo e vitaminas do complexo B, entre outras(2).

Um dia destes escrevo mais sobre estes assuntos das Transformações e particularmente sobre cada uma. Agora vamos à receita, que desta vez é com Millet e dois vegetais redondos que também estão associados à Transformação Solo.

Para mim, esta é uma das melhores formas de preparar um acompanhamento com este delicioso cereal. Eu costumo dizer que “comia isto todos os dias”, tal é o equilibrio que trás ao meu dia a dia.

Só uma nota final: pode fazer-se este mesmo prato ou só com abóbora ou só com couve-flor (se fizerem só com couve-flor ponham o dobro ou o triplo da quantidade). Nas fotografias o cereal é o Millet e fiz exatamente esta receita (a acompanhar está um estufado de feijão preto, agrião salteado e chucrute).

Ingredientes:

  • Millet: 1 chávena
  • Abóbora Hokkaido: 2 chávenas
  • Couve-flor: 1 chávena
  • Água quente: 3 chávenas
  • Azeite: 1 colher de sopa
  • Sal: 1 colher de sobremesa rasa

Preparação:

  • Corte a abóbora e a couve flor em cubos pequenos e reserve.
  • Passe o millet por água e reserve num escorredor.
  • Coloque o azeite num tacho e leve ao lume junto com a abóbora e a couve flor. Deixe saltear durante 5 minutos em lume médio, mexendo ocasionalmente.
  • Acrescente o millet e deixe saltear um pouco sem água. Mexa para não pegar.
  • Deite a água pré-aquecida devagar para não transbordar, tempere com sal, mexa e tape.
  • Coza durante 20 minutos em lume brando.
  • Desligue, solte o millet com um garfo, tape de deixe estar mais 10 minutos antes de servir.

(1) Na MTC o nome dado a este elemento é Terra e não Solo.

(2) Composição e valor nutricional do Millet: https://ndb.nal.usda.gov/ndb/search/list (pesquisar por millet, raw) e benefícios para a saúde: http://www.jsirjournal.com/Vol5_Issue2_04.pdf

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *