Germinar

Sexta-feira é dia de receita. Mas hoje não é bem uma receita. É antes uma sugestão/desafio. Fazerem os vossos próprios germinados. Estamos no momento de nutrir a energia ascendente, a Primavera está mesmo aí a chegar, e eles ajudam-nos nesse processo, de transição do Inverno para a Primavera.
Para germinar necessitam de leguminosas, cereais ou de sementes ainda em grão inteiro (na casca). As leguminosas que germinam mais rapidamente são o feijão mungo (na imagem) e o feijão azuki, mas qualquer leguminosa germina. As sementes que mais gosto de germinar são as de alfafa (ou luzerna) e as de trigo sarraceno.
Germinar ajuda a tornar o alimento mais digerível e aumenta muitíssimo o seu valor nutricional.
E agora a receita, que pode ser adaptada para outras sementes/leguminosas/cereais 
Ingredientes:
uma colher de sopa de feijão mungo
um frasco de vidro limpo
uma gaze ou um pano poroso e limpo
uma pedaço de linha de algoodão
Procedimento:
– Lave e demolhe o feijão mungo durante 12h (se for uma leguminosa mais rija pode deixar-se 24h a 36h, para um cereal ou semente bastam 8h a 12h).
– Escorra e coloque dentro do frasco, cubra com a gaze ou o pano e prenda a gaze ao topo do frasco com o fio de algodão.
– Duas vezes ao dia (de manhã e à noite), encha o frasco com água, e escorra outra vez. Eu nunca tiro a gaze do topo do frasco ela ajuda-me a escorrer a água sem perder os rebentos.
– Ao fim de dois dias começa a ver-se o rebento do feijão, deixe germinar mais uns dias se quiser um rebento mais comprido.
– Caso comece a ter um cheiro desagradável, significa que os feijões já não tinham vitalidade para germinar e apodreceram. Deite fora e compre feijão biológico de preferência produzido na última colheita desse ano (olhem para a validade).

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *